Minha foto
Paulista, Pernambuco, Brazil
As vezes sou poeta. As vezes sou poesia. Folhas ao vento que viajam em pensamento. As vezes sou um sorriso e um olhar. Sou perfume da essência a igualar. As vezes sou a gota d’água que faz toda uma diferença. As vezes sou menino, as vezes sou homem. As vezes sou livre! Quero ser eu de mim mesmo. As vezes nem existo!

13 de fevereiro de 2011

Encantado



Menina do sorriso bonito
Do olhar desconfiado,
Um encanto de menina
Encantou-me.

Doce perfume suave no ar
Passou e se vez avassalador.

Tua voz mansa e suave me faz lembrar
Das águas calmas de um rio,
Onde quero repousar infinitamente.

Teu olhar tem medo de se apaixonar
O coração pulsa forte e deseja
Mas a força do teu ser ainda não se rendeu ao amor.

Quero fazer do teu céu cor de rosa,
Quero ver teu lindo sorriso todos os dias estampado
Em meu olhar.

Vem tomar banho de chuva sentir na pele a liberdade,
Vem viajar pelo ar e mergulhar no mais azul anil do céu.
E desfrutar do aconchego do meu abraço nas mansas e delicadas nuvens.

Vem dançar comigo! 

Glebson Lima

4 comentários:

Hewelyn' disse...

Que lindo >< Ameei *-*

sarah disse...

lindo d+

Anderson Meireles disse...

Muito bonito seu blog.
Parabéns pelas poesias tão inspiradas!
Abraço!

Nádia Dantas disse...

Alma de poeta.
Bom domingo.
Abraço